Aprendizagem personalizada para uma educação efetiva

aprendizagem-personalizada-educação-efetiva

Muitos debates sobre como elaborar uma aprendizagem personalizada ou proporcionar uma educação efetiva tem surgido, especialmente no contexto de transformação e inserção da tecnologia no meio educacional. Contudo, não existe uma receita de bolo que proporcione resultados imediatos. Uma educação efetiva começa com nós mesmos.

Precisamos treinar nossas mentes para ter consciência de toda a extraordinária beleza, conhecimento e potencial humano que sempre buscamos na nossa vida escolar, mas que dificilmente o ambiente desperta com clareza. 

A próxima vez que você estiver impressionado com alguma coisa deixe o sentimento fluir livremente através de você e não tente “entendê-lo”. Você achará que entende, mas de uma maneira que não poderá colocar em palavras. Você está percebendo intuitivamente através do seu hemisfério direito cerebral. Esse hemisfério não se atrofiou com a falta de uso, mas nossa habilidade em ouvi-lo ficou embotada por anos de negligência.

O aprendizado personalizado para uma educação efetiva é baseado no imponente e alimentado pela curiosidade, imaginação e criatividade radical. Portanto, nos currículos, precisamos incentivar o questionamento e começar a enfatizar um conteúdo inspirador. Precisamos ensinar novas mentes sobre as origens da nossa espécie, a vastidão do cosmos, a espiritualidade, a vida, o amor, a morte, o futuro da humanidade, o poder da arte, a natureza de nossas mentes, e todo o potencial infinito que temos como indivíduos e como uma espécie. 

Tal currículo também enfatiza todas as reflexões existenciais que muitas mentes brilhantes ao longo da história enfrentaram: quem somos nós? De onde viemos? Aonde iremos daqui?

Mas como personalizar a aprendizagem para garantir uma educação efetiva?

Cada aprendiz é diferente e ficará impressionado com coisas diferentes. Enquanto alguns sentem admiração ao aprender ciências, outros a sentem ao ouvir música. Combinar a admiração com a aprendizagem personalizada é a chave para uma educação efetiva. Ou seja, significa que cada aluno pode procurar o que mais o inspira, fazendo-o de uma maneira que se alinha com suas inteligências múltiplas únicas. As técnicas de aprendizagem baseadas em inquéritos, como o método Montessori de educação, permitem que os usuários aprendam a ser informados por sua própria curiosidade.

Pode haver alguns alunos que não sabem o que é que os deixa sobrecarregados de admiração, e um dos papéis da educação deve ser ajudá-los a encontrar essa fonte (ou fontes). É aí, então, que a educação efetiva passa a ser menos sobre a entrega de conhecimento de conteúdo para mentes jovens e mais sobre equipá-las com as habilidades socioemocionais e os valores necessários para encontrar esse conhecimento e inspiração por conta própria, através da aprendizagem ativa.

No entanto, a admiração reside não só no que ensinamos a jovens mentes, mas também na forma como as ensinamos. Além do conteúdo, o conhecimento precisa ser entregue com paixão, clareza, relevância e narrativas cativantes. Por isso, nossos educadores precisam ser treinados para inspirar e motivar as gerações futuras.

Para conhecer mais sobre o papel dos educadores do futuro, baixe nosso Livro Digital O Papel do Professor da Nova Educação.

Precisamos falar de Inteligências múltiplas, preferenciais cerebrais e competências socioemocionais, como fatores diferenciais na formação de nossos alunos.  A IDAPT ajuda as melhores escolas a monitorarem esses índices e dá subsídios aos professores para elaborarem planos de aulas respeitando os perfis de cada aluno. Ou seja, isso é possível e, mais que isso, cada dia mais necessário para alcançar resultados pedagógicos com as gerações que chegam, tecnológicas e altamente questionadoras.

Conheça o autor

Almir Vicentini é mestre em Educação pela PUC/SP. Pós-graduado em Administração pela FGV/SP. Bacharel em Física, pela Fundação Oswaldo Cruz/SP. Licenciatura em Pedagogia, pela Universidade de Franca. É também autor dos livros “Gestão Escolar – Dicas Corporativas”, ” ISO 9001 em Ambientes Educacionais” e “Quero ser rico! Usando meu salário emocional”. Siga Almir no Instagram.

Compartilhe essa publicação.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Inscreva-se na Lista VIP de Amigos da Educação

Mantenha-se atualizado sobre as inovações na Educação e ainda receba conteúdos exclusivos!

Continue sua leitura