Aprendizagem Baseada em Projetos: uma nova educação

aprendizagem-baseada-em-projetos

O que é Aprendizagem Baseada em Projetos?

A Aprendizagem Baseada em Projetos, também conhecida como ABP ou do inglês PBL (Project Based Learning) consiste em um modelo de aprendizagem onde os alunos irão investigar a temática de modo profundo para desenvolver uma solução baseada em sua realidade, resultando em uma entrega ou produto final.

Assim, a ABP ao mesmo tempo que possibilita aos alunos confrontarem questões e desafios do mundo real, permite que elaborem estratégias e soluções resultando no desenvolvimento de habilidades como: cooperação, liderança, gestão do tempo, comunicação, exploração ativa, etc.

Como aplicar a Aprendizagem Baseada em Projetos em sala de aula?

A princípio, a primeira questão que pode impactar diretamente o professor é: “Eu tenho tempo para realizar projetos?”. Para responder tal questionamento, é preciso compreender que esta abordagem irá substituir totalmente ou parcialmente o programa regular de ensino, ou seja, além de fornecer o mesmo currículo em que o professor poderia oferecer em aulas expositivas, a ABP oferece novas possibilidades de trabalho não impactando diretamente no tempo de execução.

Por mais que os projetos levem mais tempo para serem planejados, o professor terá mais tempo disponível para trabalhar com os alunos e menos horas planejando atividades extras.

Quais são os benefícios da Aprendizagem Baseada em Projetos?

Segundo o Buck Institute for Education, referência em aprendizagem baseada em projetos, podemos listar alguns benefícios para a prática pedagógica e ajudar, assim, a criar uma sala de aula de alto desempenho. Alguns desses benefícios são:

  • Envolve os estudantes;
  • Envolve a comunidade escolar e as famílias;
  • Motiva alunos entediados ou indiferentes;
  • Melhora a comunicação e relações entre diferentes grupos de alunos;
  • Mais próximo à realidade, avaliando o desempenho através de critérios existentes no mundo do trabalho;
  • Promove e incentiva o desenvolvimento de hábitos mentais, responsabilidade e êxito pessoal e profissional;
  • Possibilita a transdisciplinaridade e integração com os diferentes campos e habilidades da BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

Conheça mais sobre a Base Nacional Comum Curricular! Baixe nosso livro digital Imersão na BNCC

Ideias para escopo dos projetos

Para elaborar um bom projeto, é necessário que tenhamos visão, estrutura e compreensão do processo de ensino-aprendizagem. Afinal, como afirma o Buck Institute for Education, “Bons projetos não acontecem por acidente!”. Ou seja, eles são resultado de rigoroso planejamento, que inclui cronogramas e estratégias de gerenciamento.

Como podemos aplicar a Aprendizagem Baseada em Projetos no nosso cotidiano?

  1. Desenvolva uma ideia de projeto: Mas envolva os alunos neste processo, trazendo a ideia a partir de um tópico, vivência ou desafio da comunidade.
  2. Decida o escopo do projeto: Ele será curto ou extenso? Irá durar uma aula, algumas semanas ou todo o bimestre? Qual data terá seu início e fim?
  3. Defina objetivos: O que você pretende que seus alunos desenvolvam e sejam capazes de fazer após o projeto?
  4. Cuide do ambiente:  Se possível, envolva a comunidade escolar durante a execução do projeto, trazendo conexões com o mundo externo à escola. Afinal, transformar a sua sala de aula para dar espaço aos grupos também pode ser uma ótima possibilidade de trabalho.
  5. Planeje a avaliação e produto final:  Como os resultado serão mensurados? Qual será a entrega do projeto? Podemos citar aqui algumas inspirações: Apresentações, artigos para revistas e jornais locais, solução prática para um desafio da comunidade local, entre outros.

Dessa forma, você também irá redescobrir e redesenhar a ressignificação em sala de aula, encorajando mudanças na cultura e estrutura escolar. As escolas estão cada vez mais preparadas para receber novos designs, e a ABP pode, afinal, contribuir significativamente para estes novos tempos.

Conheça a autora:

Mariana Tombolato é Pedagoga pela UNESP/FCLAr e especialista em Gestão Organizacional e de Pessoas pela UFSCar. Já atuou como professora, coordenadora e diretora pedagógica em instituições públicas e particulares do interior de São Paulo. Encontre Mariana no Instagram e site.

Referência: 

Buck Institute for Education. Aprendizagem baseada em projetos: Guia para professores de ensino fundamental e médio. Artmed, 2008. Conheça mais aqui.

Compartilhe essa publicação.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Inscreva-se na Lista VIP de Amigos da Educação

Mantenha-se atualizado sobre as inovações na Educação e ainda receba conteúdos exclusivos!

Continue sua leitura